Bem-vindos à nova dimensão... seqüenciador de sonhos online.

segunda-feira, 14 de setembro de 2009

Bem-vindos à nova dimensão… *soa a Voz*

Bem-vindos. Vocês adentram as vistas craniais da psicogênese. Este é o lugar fora de tempo e espaço. Não temam, pois sou apenas a manifestação vocal de seus sonhos eternos. Sou como a água, o ar, o próprio fôlego. Não temam.”

E foi após estas palavras que o Rei deste Palácio teve seu primeiro contato com a obra do holandês Arjen Lucassen. As linhas são o começo de uma saga fantástica do projeto Ayreon, narrada em dois CDs: Adentrando o Castelo Elétrico. Soa-lhes familiar?

Em sua coletividade, todas as ‘Óperas Rock’ do grupo Ayreon narram a evolução humana como vista por uma série de terceiras-pessoas: desde o último homem, sozinho, em uma colônia marciana, revivendo o passado através do “Seqüenciador de Sonhos”, até tantas menções a uma raça alienígena que teria povoado a Terra para estudar algo muito valioso que um dia perdeu – sentimentos.

Com o fechamento de um ciclo iniciado com A Experiência Final, indo até os discos A Equação Humana e 01011001 (tão bons quanto a Jornada), Arjen despediu-se de Ayreon para dar vida a um novo projeto: Guilt Machine. Não consigo parar de ouvir, desde quinta-feira. Então essa manhã me senti na vontade de fazer justiça ao verdadeiro criador, que abriu aos olhos do Rei Troll os portais nucleares do Palácio Elétrico.

A trilha sonora, aliás, abre com Guilt Machine e segue com Ayreon. Espero que gostem, como sempre.

Album artwork e letras: Green and Cream”, in On This Perfect Day – Guilt Machine

 

 

Por último, venho avisar que agora estou também postando junto à sempre deliciosa Poisongirl, no blog Prolixia. Boa leitura e nos vemos – também – por lá.

11 comentários:

A Senhora disse...

Senti agora como se tivsse tirado a hera que estava pendurada no portão impedindo a visão total do Palácio. :)

Adorei a trilha sonora!

beijinhos

Tyr Quentalë disse...

Fico feliz em ter falado para vc o quão bom estava o Guilt Machine. Culpa sua ter me inserido no mundo criado por Arjen Lucassen, e sabe o que mais? rsrsrsrs Obrigada por isso.

Macaires disse...

Bela trilha e a moça da guitarra manda muito bem!
Terá o projeto Ayreon algo haver com Bruce Dickinson? Já ouvi falar algo sobre isso, mas não sei se estou enganada!

Fiquei muito contente com sua visita em meu espaço e mais ainda por ter me linkado! Saiba que também já linkei seu blog e já me tornei uma seguidora do Palácio!

Abraço!

Troll disse...

MAMA:
Acho que eu devia justiça a Arjen Lucassen desde a criação desse Palácio, né? *rs*

TYR:
O cara é genial, vai. O prazer foi todo meu, claro.

MACAIRES:
Bruce Dickinson foi vocal convidado no terceiro CD do projeto Ayreon, Flight of the Migrator. Um dos melhores, com certeza. Na verdade, o Ayreon nunca foi uma banda fixa. cada disco é gravado por uma série de artistas convidados, com o Arjen sempre no lead e cada vocal no papel de alguma personagem da história.

É um prazer e uma honra tê-la no Palácio, caríssima.

Átila Siqueira. disse...

Muito interessante, vou procurar saber mais sobre esses cds.

Aproveito para agradecer a visita no meu blog.

Um grande abraço,
Átila Siqueira.

Sugar Bunny disse...

Bem, se eu gostei!? Se você entrar em meu blog saberá!

Você sempre certeiro!

Troll disse...

ÁTILA:
O prazer foi todo meu, em visitá-lo, meu caro. Abraços e volta sempre.


BUNNY:
Temple of the Cat na trilha sonora. Muito bom, uma das minhas favoritas do Ayreon. Adoro acertar, aliás. ;-)

iaiá disse...

foi vc que me apresentou Ayeron, e eu me apainonei de cara. adorei saber que tem mais. bj

Troll disse...

IARA:
Arjen manda muito bem, mesmo. Difícil não se apaixonar por aquele hippie holandês bizarro.

Poisongirl disse...

A sonoridade do Ayeron é incomum ao que se ouve atualmente, isso por si só já qualifica a banda.

E o Arjen é um dos idealizafores disso , parabéns a ele , e quanto a nova banda , muito boa tbm.
Ouvindo junto ...

Troll disse...

AMADA:
Graças ao seu ouvido pra música, venho descobrindo coisas além do que estou acostumado, então o mínimo que devo fazer é retribuir. ;-)