Bem-vindos à nova dimensão... seqüenciador de sonhos online.

segunda-feira, 13 de setembro de 2010

Semi-ótica

É assim mesmo, pq é estranho… Você que costuma pensar demais nas coisas e em si, acaba concluindo que sabe o suficiente para estar preparado para tudo. Porque formou um mundo de conclusões ao seu redor.

E o quê seria de cada um de nós sem tamanha tolice? Se definimos o mundo em tantos nomes e certezas, é porque precisamos delas? Provavelmente sim. Mais provável que nos seja apenas natural, não é mesmo? Mas quê tamanha e absurda natureza é essa, do pré-julgamento? De delinear tudo com significados? De procurar tanto as fronteiras de tudo?

- A gente faz tudo isso mesmo?

Faz! E sem nem pensar!

- Então pra quê você tá pensando tanto a respeito?

- É assim mesmo, pq é estranho… Você começou muito bem, não acha? Mas talvez tenha ido longe demais.

- Prefiro você assim. Em silêncio.

Não é nada natural, eu ficar em silêncio.

- Isso que faz ser mais precioso.

- Te amo, seu bobo.

(resposta singela a um excelente post)

 

3 comentários:

Mirian Martin disse...

Nossa! Adorava essas conversas quase sempénemcabeça! :D Estimula muuuuita coisa. ;)

beijocas, nino!

Valéria Sorohan disse...

Esse eu considero um dos maiores problemas do "cerumano" (esse termo eu adotei, bem adotadinho, pra definir aquele que só quer o que não pode ter, ou só entende o que não é para entender... rs)

BeijooO*

Troll disse...

MAMA:
Acho importante agredir a mente um pouquinho, com essas coisas. *rs*

VALERIA:
Hahahahahaha! Compreendo a palavra e a escolha, caríssima. Quanto aos entendimentos, tentar explicar tudo acaba sendo tão... chato, não é mesmo?