Bem-vindos à nova dimensão... seqüenciador de sonhos online.

terça-feira, 19 de janeiro de 2010

Refletir-se

E o mundo me corre por entre os dedos, toma o vento. Vira mundo novamente, porque fora do meu controle. Adoro. Abro os braços e caio. Eu poderia gritar, mas só sorrio.

---

bato com o pé 
e poderia gritar
mas só me calo


falling dream, de ~C0UG no deviantART.

5 comentários:

Macaires disse...

Cair, se jogar ao vento, deve ser a maior sensação de liberdade que alguém pode sentir, se jogar na vida...

Um beijo, meu caro!

A Senhora disse...

É... Meu filho também faz mais ou menos isso quando estou nos meus piores dias. :)))

beijocas, nino

Troll disse...

MACAIRES:
Às vezes, é até necessário, linda. Se jogar na corrente e deixar levar. Mesmo ela podendo te puxar pra baixo. Guardemos o fôlego.

MAMA:
Acho isso essencial, caríssima. ;-)

Tyr Quentalë disse...

A queda sempre é cativante e libertadora, não?

Troll disse...

TYR:
A queda, às vezes, é toda opção que nos resta.