Bem-vindos à nova dimensão... seqüenciador de sonhos online.

segunda-feira, 13 de abril de 2009

Custos *à ponta da caneta*

Em vidas, eu analiso
da sua produção
à sua satisfação.
E a felicidade, rateio.

5 comentários:

Tyr Quentalë disse...

ratear no momento da felicidade, mostra insegurança, meu caro. Algo o incomoda?

Cackau Loureiro disse...

Talvez, essa felicidade deva ficar se a deixarmos, vai que um dia a gente precisa?!

rs

Besos

Troll disse...

TYR:
Na verdade, o rateio da felicidade por vezes é uma racionalização do incalculável. Ou seja, uma estupidez.

CACKAU:
Uma poupança, talvez? Uma retenção para reinvestimentos futuros. *rs* Bjos, caríssima. Saudade.

iaiá disse...

curto e direto. gosto assim. bj

Troll disse...

IARA:
Muitas boas mensagens são passadas assim, não?