Bem-vindos à nova dimensão... seqüenciador de sonhos online.

quinta-feira, 22 de outubro de 2009

Culpa de quê? *berram os prisioneiros*

Culpa do crime,
culpa do ato,
culpa do erro,
culpa do fato.

Culpa da gula,
culpa da fome,
culpa da infâmia,
culpa da morte.

Culpa da falha,
culpa do engodo,
culpa do roubo,
culpa do engano.

Culpa até da culpa,
culpa da inveja,
culpa da vida,
culpa até da alegria.

Culpa de ser,
culpa de estar,
culpa de poder,
culpa de parar.

Crime, ato, erro, fato…
Gula, fome, infâmia, morte…
Falha, engodo, roubo, engano….
Culpa e inveja. Vida e alegria.

Ser, estar… poder parar.

E eu que só queria comer um bolinho.

"Alô, Troll? Aqui é a sua criança interior. Eu fugi e acabo de assaltar uma loja de bebidas!" *sirenes* "Opa, preciso ir!"

8 comentários:

Macaires disse...

Os prisioneiros sempre alegam não ter culpa, mas só a palavra, em si, já carrega muita culpa, pois na verdade sempre temos um pouquinho ou um montão, o fato é que temos culpa!

Adorei o texto e você é culpado por isso!!!
Beijo!

Tyr Quentalë disse...

Sente-se preso? Sente-se culpado? Por que se sentiria assim?
Culpas, culpas, culpas... Por que a mente gosta de fazer os humanos se sentirem culpados? Huum.. talvez porque eles o sejam... Pois ninguém fica isento da culpa...
ou de ser culpado

Troll disse...

MACAIRES:
E culpa de cada coisa besta, não é mesmo? Somos ensinados a senti-la, até do que nos faça bem.

TYR:
Mas culpado ou não, o dinheiro era meu e eu queria aquele bolinho, por mais calórico que fosse! Huahahahahahaha!

A Senhora disse...

Poxa! E eu fui ler isso antes do almoço! Mas... sem culpa... Almoço e depois vou comer o bolinho por você! :)))

O que é pior? A culpa da inveja ou a perversidade de provocar a inveja de outros? ;)

beijocas, nino!

iaiá disse...

odeio essa demônia dessa culpa!
e te entendo perfeitamente. acbaei de comer bolo. bj

[ rod ] ® disse...

a culpa só aguça nosso desejo... de qual que seja e de que tamanho for. abs meu caro.

Wolf_Angel disse...

culpa é um conceito que nunca deveríamos ter aceito, e menos ainda criado!

Troll disse...

MAMA:
Na verdade há algumas culpas que às vezes até parecem legais de se carregar. :-D

IARA:
Liga não, eu convivo com ela toda vez que batem vontades das mais obscuras.

ROD:
Pois é, se não houvesse o desejo possivelmente não haveria a culpa. Assim, dá até pra achar que é coisa boa. Huahahahahaha!

WOLF:
Adorei sua colocação. Cada culpa que sentimos é aceita por nós, de alguma forma. Pensando assim, nem vale a pena mesmo.