Bem-vindos à nova dimensão... seqüenciador de sonhos online.

sábado, 17 de setembro de 2011

Da besta em mim *ao estilhaçar de correntes*

Eu te caço, te mato, te asso
coisa dessa fome, só minha
no calor da cama, te faço
te encontro, nessa mistura.

Culpo algo teu, a lua cheia,
vindo refletir nesse sorriso
salivando em presas, ria
sou essa besta, um salto.

E se te caço, por ti caço
se te mato, é com a boca
seu sangue, que eu fervo
olfato preso em curva tua.

--

Texto inspirado pela canção "Howl", de Florence + The Machine

5 comentários:

Mirian Martin disse...

Se você não falasse de onde vinha a sua inspiração, jurava que era fome, mesmo. :)

beijocas

olhar disse...

wowwwwww!!

Bom mesmo o que acabo de ler!

Forte e cheio de vontade!

Que bom que voltou a escrever!

Beijos!

Bia

Troll disse...

MIRIAN:
Mas essa música me causa fome... E do melhor dos jeitos q se possa tê-la, na verdade!

BIA:
É ótimo estar de volta, caríssima. Ler os escritos de vcs e voltar a expressar dos meus, por aqui. Estava com saudade.

Tyr Quentalë disse...

Quem diria! O troll voltou a ativa! Pobre de mim que em minha correria com trabalhos e seminários ando um tanto quanto afastada de meu mundo virtual. Mas acho que colocarei algo no meu alter ego... Já que andei escrevendo durante uma aula de literatura. Abraços.

Troll disse...

TYR:
Quem é vivo, afinal, sempre aparece, não é mesmo? Me avise em qual blog postar algo, caríssima, que adorarei ler, como sempre. ;-)