Bem-vindos à nova dimensão... seqüenciador de sonhos online.

terça-feira, 1 de junho de 2010

Decolagem. *rumo a novos reinos*

É assim… impossível precisar de quanto em quanto tempo, mas algo o coloca novamente em um movimento quase fora de seu controle. A mente perde-se em um fundo pálido, que entorpece-lhe os sentidos e a pele.

Corre. Cada passo como se pudesse destruir o chão de pedra sob seus pés. Não tão pesados quanto resolutos. O frio de seu reino, soprando até o parapeito do Palácio, vindo do Vale das Lágrimas. Invade o salão, acolhendo os espíritos que gemem no tremular de cada estandarte e dos candelabros de ferro.

O Rei Troll sorri. Sente toda a surreal paisagem de seus domínios querendo mudar, ante o novo embalo. Como se o próprio solo e o céu o temessem e quisessem abrir-lhe caminho. A corrida se tornando um salto, rumo aos desafios de sempre. E, como se em uma gigantesca explosão, tudo toma nova forma.

O sorriso do Rei uma vez mais, como tantas outras, dando lugar ao do Andarilho. As asas descortinando-se em um misto de aço, vidro e luzes, ao seu redor. Ele se permite acomodar à cadeira, em meio à absurda aceleração. Deixando até a luz para trás.

Talvez não haja mais um reino. Seu trono, agora, é o do mundo. Pertence à imensidão de tudo o que possa existir. UmTroll, na única imensidão que lhe pode conter.

5 comentários:

Macaires disse...

Mudar é encontrar a imensidão que há em si mesmo...

Um grande beijo, meu caro!

D'angelo disse...

Tenho que comentar o quanto ficou bacana esse blog.
Parabénssss!!!

Troll disse...

MACAIRES:
Por vezes o impulso de voar em novas direções é grande demais, não é mesmo?

D'ANGELO:
Adoro que tenho gostado, linda, volte mais que será um prazer, Stela.

Tyr Quentalë disse...

Mundos que despertam. Mundos que mudam. Alguns ganham brilho, outros ganham a escuridão. Mas ambos conseguem manter os olhos atentos.. cada reino com sua forma de cativar. Mas ainda há muita luz em seu reino.. e meus olhos são mais acostumados ao sombrio. Um brinde no entanto.

Troll disse...

TYR:
Acho que cansei-me um pouco do punk-gótico do Palácio. Estava na hora de tomar a imensidão das idéias de outro ângulo.