Bem-vindos à nova dimensão... seqüenciador de sonhos online.

sexta-feira, 17 de outubro de 2008

Pulso *escorrendo pela mesa*

É de vez em quando que se torna insuportável. Essa vontade, esse desejo fica tão palpável que começa a correr-me as veias, feito líquido grosso que o corpo faz pulsar. Desejo vermelho, ferroso, arrebatador, que faz-me o peito doer. Não posso deixá-lo parar, mas pulsá-lo por mim é cada vez mais difícil, sinto isso nas entranhas. Pelamordedeus, sinto-o querendo parar e não mais suporto o corpo tremendo em estranhas ânsias. É quando algum sentimento toma tanta força q vira substância, algum pensamento decide correr por sob a pele.

Desesperado, sinto a morte querendo vir, por um coágulo das idéias. Forte demais para o coração manter tudo fluindo. Pego a caneta e cravo-a ao pulso. Deixo tudo jorrar, vermelho e grosso, sobre o papel. A mente aliviando-se naquele suicídio de minha sanidade. Letras... palavras... eu sangro tudo o que os lábios não poderiam ousar falar. Me esvaio em amor e ódio, desejo, medo e delírio. Espalho meus sonhos em quantas páginas couberem.

A luz da vela bruxuleia... do lado de fora, traz-me luz a lua cheia. E desmaio em meio ao último delírio. A tinta pulsando o oxigênio, por meu corpo.

A_peek_into_the_abiss____by_addammgl 

------------------------------

PS: A fotomanipulação é cortesia da Lekkerding, o olho é meu. Adorei, caríssima, obrigado.

8 comentários:

Tyr Quentalë disse...

*O coração para por um momento, o frio parece tomar conta do corpo inteiro. Meu corpo estremece e sinto-o querendo se entregar à gravidade* Palavras fortes, Rei *sussurro de modo fraco* Palavras fortes demais.

iara disse...

é pra isso que escrever serve tantas vezes, dar vazão a sentimentos tão intensos. bjs

Lekkerding. disse...

De nada querido.
P.S.: É meu jeito, não estou Kika da vida contigo.

Poisongirl disse...

"É quando algum sentimento toma tanta força que vira substância, algum pensamento decide correr por sob a pele."

I got you under my skin...

Nanda Nascimento disse...

É tudo que o corpo perde, se expressar de várias formas.

"Me esvaio em amor e ódio, desejo, medo e delírio. Espalho meus sonhos em quantas páginas couberem".

Intenso!

Beijos e flores!

Cackau Loureiro disse...

Oxigênio nas veias da alma!!!

Venha para um café?

Amar Yasmine do AQUILIS disse...

Adoro te ler, Sir, adoro mesmo.
Doces besos!

Troll disse...

TYR:
Não te assustes com estas palavras, anjo. Esse suicídio é tão somente da sanidade, é a mente buscando a derradeira libertação, nas palavras.

IARA:
Esses sentimentos que parecem espalhar-se pelas veias e tomar cada célula do corpo.

LEKKERDING:
Adorei a fotomanipulação e fico feliz que tenha me enganado, sobre a chateação.

POISON:
Existem aquelas impressões que ficam... sensações que quando vc percebe, já grudaram à pele. Já são parte de um tormento insano, embora delicioso.

NANDA:
É o momento em que seus pensamentos deixam a cabeça e simplesmente fluem, buscando fuga.

CACKAU:
É sempre um imenso prazer recebê-la aqui, pelos corredores do Palácio. Um convite para um café? Como eu recusaria? *rs*

AMAR:
Caríssima, bem sabes que esse prazer é mútuo. Sempre feliz em lê-la e tê-la por aqui.