Bem-vindos à nova dimensão... seqüenciador de sonhos online.

quinta-feira, 31 de julho de 2008

Bestiário III *de um tomo antigo e empoeirado*

LENHADOR SENSÍVEL
- humanóide rude, porém sentimental
Habitat: quadrinhos, imaginário feminino e selva de pedra 
Organização: solitária, dupla, com amigos tomando umas
Tesouro: "pegada"

 

Uma espécie de antítese contemporânea para o Príncipe Encantado, o Lenhador Sensível é o seu típico anti-herói, com um lado que poucos (ou poucas sortudas) conhecem. Ele sabe fazer o tipo badboy, mas só porque já sofreu o suficiente nas poucas vezes que deixou a guarda baixa. Lágrimas dele são pouquíssimas, mas valem ouro nas fantasias das mulheres que buscam esse mito não apenas por sua aparência rude, mas pela possibilidade de quebrar-lhe a fachada dura e encontrar lá dentro algo mais pulsando além de seu vigoroso machado. (trocadilho dispensável à lenda... mas eu fiz mesmo assim)

Os ombros largos e o rosto àspero, da barba que já está lá poucas horas depois da lâmina, são traços que supostamente tornam simples reconhecer este ser mitológico. A postura de "tô nem aí" e o olhar de lobo solitário são algumas características mais sutis, porém igualmente importantes. Em certas fantasias, ele é como o homem de lata, procurando um coração. Em outras, ele mesmo o arrancou fora, por causa de alguma decepção profunda que, cito, "TODAS lhe causaram e só eu posso curar". No fundo, não há cura para a condição desta besta mítica. Ele É assim. O que prova tão somente mais um traço da eterna insatisfação feminina.

Suas armas são seus braços fortes, as pernas idem, as mão grandes e a capacidade de parecer "um tanto rústico" (e estranhamente bem-alinhado), quando veste um terno. Mas sua característica mais marcante, indiscutivelmente é A PEGADA. Ele sabe como derreter uma mulher só com a força de seus dedos e seu olhar, quando quer.

Existe apenas uma mulher capaz de salvá-lo de sua eterna condição supostamente fria e inconseqüente, e todas que o buscam têm certeza de que são elas mesmas. Entretanto, como um ser nada assexuado, ao contrário do emo Encantado, ele está só buscando preencher algum vazio que, elas afirmam, está lá.

Outra importante característica do lenhador sensível é sua capacidade de enfiar a porrada sem pensar duas vezes no assunto. Dentre exemplares mais famosos, podemos citar Wolverine, Nick Fury, o Lobo Solitário, Sean Connery, William Wallace, Van Helsing (Hugh Jackman tá em todas, não?), Duke Nukem... ok, a lista é enorme.


The Woodsman's Pain by *wb-skinner, on deviantART

 

-----------------------------

Veja também:
Bestiário I: Príncipe Encantado
Bestiário II: Princesa Pornô

9 comentários:

Tyr Quentalë disse...

Caro Troll,
Já fiz comentários à parte sobre este tomo, mas volto a reafirmar tudo que comentei com você pessoalmente.
O Lenhador é uma figura um tanto quanto interessante e realmente ele é o sonho de consumo de muitas mulheres.
Ainda farei torcida, com direito a pompons para que um dia o Lenhador ache a mulher certa.
Mas claro que aqui faço uma breve reverência e sorrio.

Nanda Nascimento disse...

Olá Troll,

Realmente a "pegada", é uma arma masculina, porém não são todos que sabem usar, agora um lenhador com toda sua rudez e servido de caractestícas tão almejada pelas mulheres, pretendentes não faltarão.

Beijos e flores!!

iara disse...

o lenhador é o tal do macho alfa, o sonho da mulherada, se achar me apresenta plis.rs
bj

Nalaura disse...

Sempre apareço por aqui, mas não comento por falta de tempo ou sei-lá-o-quê. O fato é que um lenhador sensível sempre merece uma atenção extra, que creio que seja um de seus atrativos. Então, bora comentar sobre.

Pra começar, tenho que admitir: sempre tive uma quedinha pelo Wolverine. É que a linhagem "lenhador sensível" tem aquele jeito de cachorrinho molhado que aparece na porta da gente em época de Natal, mas, como não poderia faltar, aquele olhar arrogante de Peter Pan. Ou mesmo o inverso: um ar doce por detrás do jeito rude.
Todo esse mito agrada muito as meninas-fofinhas. Com ressalvas. Pode ser rude e meio desajeitado em um terno, mas precisa revelar seu lado gentleman as vezes. Por mais que 'desleixado' seja a característica mais imediata, não pedemos deixar que ela se torne um eufemismo (um bom banho é fundamental. Ainda bem que as historinhas da Disney não soltam cheiro). E, por último e não menos importante, o lenhador pode ter lá seu coração partido, mas não precisa ser tão difícil retomá-lo. meninas-fofinhas não gostam de dificuldade.Ah.... faltou falar sobre a 'pegada'... Acho que isso é quase 'sem comentários'.

Pena que, aqui fora, não existam principes, lenhadores sensíveis e nem mesmo meninas-fofinhas. Fico, então, com os calhordas sentimentais, os nerds desajeitados, os principes lindamente burros e outros mais.

Um beijo e até mais.

Flah disse...

Eu tenho um lenhador sensível, lalalalalala...

Brincadeiras à parte, bem imteressante essa análise que vc fez. Mas não consegui deixar de ler sem pensar no meu querido...

Beijos!

Camila Muniz disse...

Como é que alguém consegue encontrar uma forma tão bacana de se aprofundar sobre os mistérios da vida? Como é que se consegue achar sentido de tão simples forma em algo que não se passa nem se imagina passar por nossas cabeças? Quando eu encontro alguma coisa assim eu suspiro e sorrio...

Lyn disse...

Absolutamente fantastica e perfeita a sua descriçao! rs
sou bem mais um lenhador sensivel a um principe encantado. Mas achoq ele é impossivel de ser salvo! rs E nem é tao sensivel assim, mas tem A Pegada! rs
beijos!

Troll disse...

TYR:
Se é que haja realmente a suposta cara-metade desta besta mítica, caríssima barda, pois fica a dúvida sempre. *rs*

NANDA:
A pegada, eu creio, deva ter surgido como técnica milenar chinesa de kung-fu, ou coisa do tipo, pq ao que parece ou se tem ou se aprende com prática demais, pra fazer valer a pena. Hahahahahaha!

IARA:
O macho alfa... acho q esse pode se tornar uma nova página em si, deste tomo. Penso nele com algumas diferenças em relação ao Lenhador. :-D

NALAURA:
ADOREI o "jeitinho cachorro molhado", caríssima! Realmente, a linhagem do Lenhador Sensível tem esse jeito cafajeste q é até parte do seu charme, mesmo. Quanto aos tipos com os quais somos obrigados a conviver, aqui fora, realmente concordo q nem todos agradam.

FLAVIA:
Cuidado, caríssima! Sai explanando isso, assim, e um monte vai começar a moscar pro teu lado. *gargalhando*

CAMILA:
Apenas exprimo aqui o que eu, como Andarilho, presencio no mundo à minha volta. Em cada gesto de beleza e cada feia ranhura ou descascar da tinta. Fico feliz q a faça pensar, caríssima.

LYN:
O príncipe encantado é um chato de galochas, caríssima. Sempre foi. *rs* Bom q tenha gostado.

Taynar disse...

Estou aqui para confessar meu crime: Sou destas que sempre acha que pode mudar o homem. [E, inevitavelmente, a que se lasca depois]
E, como eu te disse, esse negócio de Lenhador Sensível me soa muito... pouco macho!
Tô atrás do Macho Alpha da espécie, e não aquieto em quanto não achar.
hahahhaha

Eii, posso colocar um link desse texto em um post meu?

Beijos