Bem-vindos à nova dimensão... seqüenciador de sonhos online.

quinta-feira, 11 de dezembro de 2008

Haikaipoemaprosa *insanos, dois*

Grandiosidade.
Quê espera o mundo de nós?

E isso importará?

Tolo, eu.

Não culpe o mundo por esperar isso de você
É verdade, pois está no brilho aos seus olhos
Está na força e intensidade de suas palavras
Além do primeiro segundo, muito fácil de ver.

Não tema jamais que eles lhe idealizem
Mas também não tema não estar à altura
Quem lhe vê que vem fazer essa escolha
Lhe ver pelo que é ou pelo que querem.

As suas expectativas serão apenas suas
Se exploda o mundo, por buscar a perfeição
Sempre se é perfeito nos braços que amam
Nesse encaixe de mente, olhar e corpos.

E por vezes se perco letrs
Se começo esquecer
faltarem palavrs
É pq hj
ou eu...

Respira, vai.

O fruto da tua desconstrução.
Pra reaprender contigo... da grandiosidade.

Fractal_art__No__86_by_electro_space
Fractal art No. 86, de ~electro-space, no deviantART.

10 comentários:

Tyr Quentalë disse...

Uma mescla de mundos que se misturam e se complementam.
Perfeito como sempre, Andarilho.

A Senhora disse...

Um fractal!

O gostoso de certas "trombadas cósmicas" é que não existe o complemento, mas o acréscimo assustador e fantasticamente belo.

iara disse...

perder e se achar, ficar insano a dois... é presente dos céus!
de resto, faço minhas as palavras da sis aí em cima. perfeitas como comentários do que eu sempre adoro ler aqui.
muitos beijos

Sisa disse...

Achei lindo, mas haikais me deixam triste, então já comecei a ler triste. Ainda bem que não era só dele.

Espero agora estar menos relapsa, pelo menos até começar tudo de novo. Bj

Flávia disse...

Acho que presenciei o surgimento de uma supernova ;)

Troll disse...

TYR:
Mundos que até então se desconheciam, mas que de alguma forma parecem sempre ter buscado um ao outro.

MAMYS:
Como um buraco branco de consciência, a colisão explode em um pequeno big bang de supostas coincidências e tantas vontades que parecem vir se unir.

IARA:
Aos que mantêm os olhos abertos, nunca há essa coisa de se perder, realmente. Há tão somente novos encontros.

SISA:
Eu comecei esse post escrevendo o haikai que o abre... e ele decidiu não ser só isso. Como eu, o post quis crescer para ver se englobava tudo, pretensioso.

FLAVIA:
Sim, vc é uma das pessoas que acompanha essa colisão desde o começo, não? ;-)

Fabio Fernandes disse...

A pergunta é: Por que se importar com o quê o mundo espera de você?

Sempre serás perfeito aos olhos de quem te ama. (um comentário culto com uma observação idiota) Minha mãe me acha bonito, é mole??

hehehe

Abração.

Ps.: Conheces Aleister Crowley?

Poisongirl disse...

É uma honra anjo vê-lo se reconstruir mais forte , mais belo e melhor.

E meu , claro( não resisti) .kkk

Troll disse...

FABIO:
Aleister Crowley o fundador da Thelema e um dos ocultistas mais famosos de todos os tempos. Sujeito excêntrico, com certeza. *rs* E não, não importa o q o mundo pense, afinal. Quem realmente interessa pensar sobre mim eu já amo. :-D

POISON:
Me reconstruo de teus olhares, despedaçado por suas garras para reconstruir-me sempre melhor. Mais forte. E sim, seu. Desse jeito que é apenas nosso. Te amo, doce veneno.

Nanda Nascimento disse...

Reaprender, reconstruir e exercitar a desconstrução, isso sim é um desafio diário, que pode valer a pena.

Hi! Estou atrasada na leitura dos posts.Vou para o próximo.

Beijos e flores!